Tanta coisa já passou nada mudou, e eu aqui...
Sempre a pensar em ti
Passam-se coisas e coisas que nem quero acreditar
E o teu olhar faz-me sede...
Desejo de viver

Não me ignores, não me desprezes
Assim talvez um dia
Quem sabe, outro dia, outra noite, outro luar
Eu volte a acreditar.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct