Photo of the artist Pery Ribeiro

Janela de Ouro (A Traição das Esmeraldas)

Pery Ribeiro


Não quero mais o cheiro de dor
A confusão
Os dias febris
Descobrir um país na manhã
Ao som dos sinos de metal
Na vila do mar
Não sabia quanta chuva e sol
Eu trazia entre as minhas mãos

Eu esperei a pedra gritar
A espada e a cruz não sabem porque
O suor, os dragões da manhã
E o mistério do sertão
No país do sol
Acho o rastro da destruição
E essas serras não me enganam mais

Eu esperei a pedra gritar
A espada e a cruz não sabem porque
O suor, os dragões da manhã
E o mistério do sertão
No país do sol
Acho o rastro da destruição
E essas serras não me enganam mais

Não quero mais o mofo e o pó
A cicatriz vertendo suor
Traição, e clarins na manhã
Ao som dos sinos de metal
Na vila do mar
Não sabia quanta chuva e sol
Eu trazia entre as minhas mãos
Cheirando a mar
A traição

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Egberto Gismonti / Geraldo Carneiro. Isn't this right? Let us know.