Onde ninguém jamais conheceu
No profundo oculto meu
Teus olhos tornam em luz tamanha escuridão

Mais do que eu mesmo, sabes de mim
Pois criatura Tua sou
Por onde andei, o que sinto e para onde vou

Sondas o meu cego coração
Com misericórdia e compaixão
Tu vês o íntimo em meu ser
Me podes ver, me podes ver

Ao me envolver, entro em meu ser
Me podes ver, criaste o meu viver
Para cumprir o Teu querer
Me podes ver pois me conheces bem

Espírito, vem como rio e flui
Vida em meu interior
Graça que excede o pecado
E sara minha dor

Por Teu amor vem me levantar
E encontrar Teu ser em mim
Reconstruir criação
Que eu mesmo destruí

Sondas o meu cego coração
Com misericórdia e compaixão
Tu vês o íntimo em meu ser
Me podes ver, me podes ver

Ao me envolver, entro em meu ser
Me podes ver, criaste o meu viver
Para cumprir o Teu querer
Me podes ver pois me conheces bem

Não quero mais me esconder
Pois podes ver o que há em meu ser
Quero cumprir o Teu querer
Me podes ver pois me conheces

Não me condenarás
Jamais desistirás pois sabes quem eu sou
Nada posso esconder
Com olhos de amor enxergas-me, Senhor

Não me condenarás
Jamais desistirás pois sabes quem eu sou (Tu sabes quem eu sou)
Nada posso esconder
Com olhos de amor enxergas-me, Senhor

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct