Peregrino e sonhador,
Cantar, a alma na garganta,
Numa voz que alcança,
Estrelas lá no céu
Na brisa, suave a passar mansa,
Pairam sonhos, ao léu,
Vivem em mim, sonhos de luz,
Sonhos de amor, que não tem fim,
Quero cantar à luz da lua,
Quero ouvir de ti, sou tua,
E em tua boca, beijos depois,
Até que o céu de estrelas loucas,
Possa até nós descer,
E nos envolver, meu amor,
Peregrino e sonhador,
Amar, amar até a loucura,
Sem sofrer a tortura,
De um dia despertar,
Quero, a poesia que flutua,
Toda nua, em teu olhar...

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct