Photo of the artist Rui Veloso

Uma Trolha D'Areosa

Rui Veloso


Arménio era um trolha da areosa
Que tinha um par de olhinhos azuis
Que quando me fixavam no baile
Me punham indefesa e tao nervosa

Arménio tenho nas minhas gavetas
Aeorogramas cheios de erros de ortografia
Perfumados entre as minhas meias pretas
Aquelas que te punham em estado de euforia

Arménio fui tua madrinha - de - guerra
Rezei por ti longas novenas sem fim
Para voltares inteirinho e sem mazelas
Mas ficaste por la tao perdido no capim

Arménio quantos sonhos e planos
Prometeste que me levavas a lisboa
Em junho no dia dos meus anos
Bem sabes que a memória é um atributo dos gémeos

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct