Eu ti disse que ela é doida, indigesta, ó do borogodó,
Olha pra ela, viru prego, tremo, viro pó
E ainda piora se eu tentar fingir ser "o maneiro"
Fica forçado, não adianta, eu sou melhor zuero.

Refrão

Se eu ao menos conseguisse tentar relaxar,
Passava u papo na danada e ia levar.
Eu sou um cara gente boa, responsa e de família
Por ela eu danço até as musica lá da Bahia.
Essa menina é, o ó do borogodó
Me deixa doido, alucinado, mané, que dá dó.
Essa menina é, o ó do borogodó
Me deixa doido, alucinado, mané, que dá dó.

Quero conhecer a diaba, não sei mais meu deus como fazer,
Eu chego perto, olho pra ela, começo a tremer.
Tropeço, perco a pose, ando todo errado,
E se eu to doido fico ainda mais alucinado.

Refrão

Se eu ao menos conseguisse tentar relaxar,
Passava u papo na danada e ia levar.
Eu sou um cara gente boa, responsa e de família
Por ela eu danço até as musica lá da Bahia.
Essa menina é, o ó do borogodó
Me deixa doido, alucinado, mané, que dá dó.
Essa menina é, o ó do borogodó
Me deixa doido, alucinado, mané, que dá dó.

Se eu ao menos conseguisse tentar relaxar,
Passava u papo na danada e ia levar.
Eu sou um cara gente boa, responsa e de família
Por ela eu danço até as musica lá da Bahia.
Essa menina é, o ó do borogodó
Me deixa doido, alucinado, mané, que dá dó.
Essa menina é, o ó do borogodó
Me deixa doido, alucinado, mané, que dá dó.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct