Quem vai dizer pra onde as coisas vão?
Será que sabe mais que eu?
Nada será como antes era
E isso é bom, como não?
É só olhar pra onde as coisas vão
Quem sabe, ler marcas na sua mão

Os becos da cidade falam
O ritmo no andar da moça
O brilho no olho do moleque
Tão belos são esses ruídos
Do metrô

O que foi já se foi no que foi
O que é, será
O que é, será

O que foi já se foi no que foi
O que é, será
O que é, será

Parece haver coisas que precisam
De mais tempo do que nos resta
Como lidar com a angústia de saber
Que estamos por um triz?

Talvez, então
Seja só viver
Olhar, estar
E reconhecer

O que te faz sair da cama
A beleza da rotina
O que só a gente sabe
O respiro que te faz se lembrar

Que o que foi já se foi no que foi
O que é, será
O que é, será

O que foi já se foi no que foi
O que é, será
O que é, será

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct