Photo of the artist Socorro Lira

Delicadeza Nº 6 (Frágil)

Socorro Lira


É tão frágil a delicadeza
Que tenho medo de perdê-la
Se a encontro
Que tenho medo de não sê-la
Quando me encanto

Tenho tanto e tanto
Uma coisa e outra
Isso de delicado e de não ser
Persegue-me

Se me ganha fico entregue
Quando a perco morro um pouco
Se me abraça me desdobro
Se me falta amar, só sobro

Sei que é de outra ordem com certeza
Da naturalidade
E a vejo humanamente com espanto
Eu que necessito
E necessito tanto

Meu mundo em branco e preto
Fica mais bonito
Em sua natureza
Sou, mas sou bem melhor
Pela delicadeza

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct