Um dia ouvi uma estória
De um velho sabido
Que pôs-se a dizer
Que vamos chegar à vitória
Que a divina glória
Vai resplandecer

A estória ainda dizia
Que a gente devia era se unir
Com garra
Combater a morte
A lei do mais forte
Que manda aqui

Cantiga tem verso e viola
Que anima e consola
Também quem chorou
Em toda festa de terreiro
Tem um violeiro
Que o povo alegrou

Eu canto é pra minha gente
Teimosa e valente
Que não se rende
À força que oprime a nação
A toda ilusão
De riqueza e poder

Termino a estória cantada
Se fosse falada
Iria abusar
Por isso arranjei novo jeito
Não canto direito
Mas sei agradar

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct