Acontece que quando você chega
No fim do corredor
Eu já nem sei quem sou
E num instante me esqueço de tudo

Prevalece o destino como sempre
Sem me consultar
Sobre quem devo amar
E do nada me põe no teu mundo

E ao que parece, ficaremos juntos
Por milhões de anos, do almoço ao jantar
Parece tão óbvio e tão absurdo
Desventura ou sorte
Dependência ou norte
O que será?

Do trabalho pra casa todo dia
Sem me concentrar
Pois seja aqui ou lá
Não existe outro pensamento

Acontece que quando você chega
Eu já me vejo avô
Descobrindo o amor
Valeu cada minuto de espera

E ao que parece, ficaremos juntos
Por milhões de anos, do almoço ao jantar
Parece tão óbvio e tão absurdo
Desventura ou sorte
Dependência ou norte
O que será?

E há de ser diferente daqueles outros "pra sempre"
Soldei juramentos e promessas sem pensar
Onde você está se não aqui na minha frente
E o que você sente?

E ao que parece, ficaremos juntos
Por milhões de anos, do almoço ao jantar
Parece tão óbvio e tão absurdo
Desventura ou sorte
Dependência ou norte
O que será?

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct