Saudade de Marisa

Taiguara


Abro a janela e a camisa
E dou meu peito pra brisa
Clareia o olhar numa pomba
E brilha um branco de espera
De saudade de Marisa


E uma música soa
São notas, pombas que voam
Trazendo o som e correio
E eu te ouço, e eu te leio...
São portas, cartas abertas...
São notícias de você...

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct