Viaja não firma
Sente essa parada
Kamika-z

Lupa na cara e o sol de domingo
Quatro da tarde, suave tá lindo
E a V8 na sombra da nuvem
Disse que o tempo é dinheiro e remédio
E a falsidade se engasga com a ânsia
A vida é a dívida, só faz as contas
Viver é o preço, então vamos às compras

Dia de Poderoso cê sabe é nada
Hoje vai ser a festa mais bandida da quebrada
Aglomerou no posto, ó, o barulho, ó as danada
Vai começar de novo lombra nostálgica
Voo

Pra nós um bom plano pra quebrada um bom dia
Vida longa pros que corre punição aos parasita
De novo os louco na pista nervoso, sagaz de firma
Respeito pra quem respeita, a lei da selva já dizia, ai ai
E ninguém pega o pai
Hoje tem encontro, mas vocês não vai
Bye, bye, bye, bye, bye, bye
Riscou o mapa fritando do Agreste á Dubai

Quando moleque era escassez
Nota vermelha na escola
Mas notas preferia em dólar
Neguim do gueto bom de bola
Reparam no olhinho chinês
Mas não vê quando um de nós chora
Agora é três louco no Bora
E o instrumento de fazer história
Glória, glória
Fiz intimidade com a glória
E mesmo perdendo firma, tô ganhando
Todo aprendizado é vitória
Glória, agora pega esse Chandon e estoura
Geral quer ficar poderoso
O poderoso quer ficar na memória

Jaqueta preta e a noite fluindo
Ele acordado e o mundo dormindo
E a V8 sobre a luz da lua
Disse que o tempo é dinheiro e remédio
E a falsidade se engasga com a ânsia
A vida é dívida, só faz as contas
Viver é o preço, então vamos às compras

Pra esbanjar um pouquinho sem exagero
É Deus, a firma e família primeiro
Dilema longe do berço do herdeiro
Dia de Poderoso, alteradores de roteiro
Quem é o Boss, quem é o Boss?
Porra, esse mundo é pequeno pra nós
Saiu da quebrada num turbo veloz
Vilão de milhares se tornou herói
Pode até pegar no antidoping
Talvez aumenta o seu ibope
Dog vacinado na sem lei
Uns querendo dinheiro, outros rasgando pacote
Ossos do ofício, ficar mais rico
Juntos, fodido no ninho
Sabendo disso, vai na malícia que o pagamento é em dólar
Vai ligado, comemora
Outra mansão que estoura
Mosca viveu no passado, parado e não tá ligado no agora
Todo poder do mundo não muda seu destino
Só joga em causa ganha, e nunca tá sozinho
O grande poderoso aqui se mantém
Primeiro no pódio tem pra mais ninguém

Nenhum justo saíra ileso

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Tribo Da Periferia. Isn't this right? Let us know.
Sent by Tribo. Revised by 2 people . Did you see an error? Send us your revision.