Daqui de cima eu observo tudo
Atrás de uma janela dois camaradas
Naquele beco escuro
Devagarinho eu vou chegando Ceilândia centro
Estou indo muito tenso eu vou limpar
Meu rosto com um lenço o sinal fechado embolado
O povo atravessando para o outro lado
Dentro do chevette de cor azul estou indo naquela direção ali Ceilândia sul de camiseta a calça jeans estou indo na feira encontrar com meu filho comprar um par de patins
Aqui fora moleque tudo mudou vou ser sincero cumpade não sei aonde estou a banca de revista aqui aquelas construções ali
Em pouca horas e sai da casa de detenção vou tirar,
Aliviar a tensão considerado no papudão aqui assim
Esta fazendo calor a besa eu ainda vejo os garotos pedalando sobre suas bicicletas eu vou acender um cigarro não vou deixar isso de lado
Meus olhos vermelhos estão saindo faisca na esquina me deparo com a policia, louvado seja o meu senhor o sistema nervoso não alivia a minha dor
Sou morador de mais um novo assentamento no bolso eu não carrego meus documentos sou brasileiro e não devo para justiça desde do mês de Fevereiro.
Daqui de cima eu observo tudo
Atrás de uma janela dois câmaras
Aquele beco escuro
A marola ta subindo por cima do muro
Amanheceu o dia a multidão se aglomera
Aqui na via nariz quebrado seu corpo todo ensanguentado um embrulho caído de lado, a vitima sobre um cano estourado esquartejado vários curiosos observando meu camarada sendo enrolado em um pano a sua mãe chorando aquele moleque estava com sua mente pertubada devido ao uso de muitas drogas pesadas destruiu semelhante a loucura cocaína pura cursou ate o 3ª ano primário onde muito tentarão se forma aqui no bairro semi-analfabeto morava de favor na casa do meu chegado Beto mais tudo bem essa historia não tem nada a ver comigo nessa selva de pedra ninguém aqui tem amigo o bom velho conquistou quase dormindo la fora ouso gritos de menino, meu caminhar um pouco meu padastro esta roncando feito um porco louco na pia vou lavar o rosto não me julgue como um pobre coitado só me espelhei no cara erraedo armamento pesado quase perdeu então aqui ali já foi o tempo meu irmão o verdadeiro poder pra mim não esta nas balas
Daqui de cima eu observo tudo
Atrás de uma janela dois câmaras
Aquele beco escuro
A marola ta subindo por cima do muro [4x]
Tropa de elite

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct