Acho que agora manjo de sabor
O lance mesmo é saber digerir
Toma uma gota, uma essência legal
De manjericão

Sempre que eu gamo eu começo a criar
Invento coisa, tiro do lugar
Tudo que pinta, uma folha que brota
É tão essencial

Ponderei, multipliquei
Pensei na entrada e na despedida
Quando isso rola eu acho tudo tão normal
E é, na teoria

Guerreei, pacifiquei
Pra nunca mais ficar deprimida
Todo love é uma erva boa e natural
Sabor manjericão

Quando se ama, a boca sente sede
Conseguir entender as cores
E sentir o gosto do verde
O seu ciúmes é de costume
Meu perfume é natural, tropical

Bota mais manjericão nesse feijão que eu tô chegando meu amor!

Legalize o debate e o cultivo
Aumentaria até o turismo

Eu quero sentir o seu sabor
Manjericão não é tempero de bandido
Tá errado, sai policial
O que eu te trago são relatos de um nativo
Acusado de atos afrodisíacos

[Verso: Tulipa Ruiz]
Ponderei, multipliquei
Pensei na entrada e na despedida
Quando isso rola eu acho tudo tão normal
E é, na teoria

Guerreei, pacifiquei
Pra nunca mais ficar deprimida
Todo love é uma erva boa e natural
Sabor manjericão

Acho que agora manjo de sabor
O lance mesmo é saber digerir
Toma uma gota, uma essência legal
De manjericão

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Edgar / Gustavo Ruiz / João Donato / Tulipa Ruiz. Isn't this right? Let us know.