Cavaco, pandeiro, cuíca
Ganzá, tamborim, violão
E o samba, que coisa mais rica
E o surdo batendo no coração

Deixa
Porque hoje é tudo natural
Deixa
Que essa queixa sim é sempre igual

Quando a cidade amanhecer
É carnaval

Cavaco, pandeiro, cuíca

Deixa
Tomo um trago e lavo o coração
Deixa
Que essa queixa não tem solução

Deixa
Porque quem quer saber
Não sabe não

Deixa
Porque hoje é tudo natural

Quando a cidade amanhecer
É carnaval

Deixa
Tomo um trago

Deixa porque hoje é tudo natural
Deixa porque hoje é tudo igual
Dizer ao meu poeta
Vai aí meu coração

Quando a cidade amanhecer
É carnaval

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Antônio Carlos Zarattini / Carlos Eduardo Lyra Barbosa / Marcus Vinicius de Moraes. Isn't this right? Let us know.