O Tabernáculo

Voz da Verdade

vistas 159

Passo pelo holocausto
E eu me limpo no sangue de Jesus
Entro no santuário, como os pães e acende-se uma luz
Entro no santíssimo
E vejo o cordeiro assentado como Deus
E o meu caminho é de sacerdote à Rei

Cura e perdão já recebi, pois o véu se rasgou
Vi a face do meu Jesus, que todo mal levou
Cheio do Espírito hoje sou, pois pelo véu passei
Hoje o meu caminho é, de sacerdote à Rei