Um passo formoso é a moça
Uma árvore frondosa
É o seu dorso
Uma tarde fresca uma noite estrelada
São seu colo sereno e seus olhos de alvoroço
Um amor fervoroso põe a mão no seu rosto
E moreno ele sonha,
Ele queima, ela voa
Ela roça suas asas
Ela cai sobre as casas como a luz da manhã
Ela cai sobre a gente
Como a chuva quente luminosa e temporã
Um passo formoso é a moça
E sua boca é de louça
Seu cabelo é de algodão
Seu colo é de sonhar
Seu sim é de matar
E é de morrer o seu não
É de matar o seu sim
E é de morrer o seu não

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct