Tudo parece não estar em seu lugar
Velhos problemas continuam, ninguém parece se importar
Milhões de anos, espécie em evolução
Escravidão, violência e falta de conscientização
Quanto tempo ainda vamos ter de conviver assim?
A impunidade por aqui parece não ter fim

Mentes brilhantes, muitos planos a fazer
Achando a melhor forma de poder controlar você
Muitos deixaram pra trás seus ideais
A ambição pelo poder só os consome cada vez mais
Quanto tempo ainda vamos ter de conviver assim?
A impunidade por aqui parece não ter fim

Qual será o futuro da vida nas próximas gerações?
Apenas aceitar viver em meio a corrupção
Quanto tempo ainda vamos ter de conviver assim?
Desigualdade por aqui parece não ter fim

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Luciano Anarcristu / Miguel Nuñes / Railson Machado · This isn't the songwriter? Let us know.
Sent by Xaxaras
Did you see an error in the lyrics? Send us your correction.