views 47

Fiz o Que Pude

Almir Guineto


Tudo que pude fazer eu fiz
Pra lhe ver feliz
Você não entendeu

Hoje, vegeta na estrada da vida
Sem ter lar, sem ter guarida
Mas o culpado não sou eu

Porque lamento muito
Infelizmente o azar é seu, não é meu
Lamento muito
Infelizmente, o azar é seu

Eu pensava na felicidade
Você, com sua maldade, resolveu me abandonar
Agora eu lhe peço que me esqueça
Por favor, não me aborreça
Com essa ideia de voltar, porque não dá

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Geraldo Babão. Isn't this right? Let us know.