Desavença não compensa
Na sentença é condenado
Não há jeito
De viver bem ao seu lado
O que era alegria, deu a vez a agonia
Eu pergunto me diz por favor
Onde estou errado

Ela pensa que vai me enganar
Com seu jogo errado
So me pede pra não reclamar
Diz que eu sou enjoado

Chega em casa depois do jantar
Fico preocupado
Esta cansada e se nega a transar
Imagino traição

Ela tenta não tem pena
Fico tão amargurado
Todo dia, diz que atrasa a condução
O meu nome lá na rua
Cada dia é mais falado
Aí meu Deus se um dia eu pequei
Já estou perdoado

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct