Os momentos que o meu coração palpitava
Na beleza de um samba canção jovem guarda
Bons momentos que gente com tempo andava
Caminhando sem medo pela madrugada
E cantava seresta pra mulher amada ôô…
E bebia cerveja com a rapaziada
Sou do tempo tempo da bola de gude calçada
E que a educação também era sagrada

Hoje não é mais assim, hoje tá tudo mudado
Já não se casam na igreja e querem morar separados
Hoje não é mais assim, hoje tá tudo mudado
Hoje só resta saudade não dá pra viver sossegado

Sou do tempo do samba enredo coberto de glória não tinha refrão
Ensinava história e que me fez ser seu fã
Sou tempo daquela alegria das noites e magia e o samba corria
O coro comia, pagode até de manhã

Sou do tempo que a gente dizia pro pai da menina com todo respeito
E ter o direito de namorar no portão
Sou do tempo que o partido alto era cheio de improviso
E quem não conhecia e tinha juízo se limitava a cantar o refrão

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Adalto Magalha / Almir Guineto / Dudu Nobre. Isn't this right? Let us know.