Você só me bate, pretinho
Não faz um carinho
Pra me consolar

E eu que sou tão boazinha
Tão direitinha
Sei lhe respeitar

Talvez que de agora em diante,
Meu sonho distante,
Realizarei

Tomara que a vida da gente
Mude totalmente
Meu dono, meu rei

Sua pretinha cativa
Tem a chama viva
No seu coração

Que é a lareira do peito
Queime o respeito
Acende a paixão

Você só me bate, pretinho
Não faz um carinho
E eu choro de dor

Eu choro, mas não sou covarde
Pois sei que não arde
Pancada de amor....

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Cândido Dias Da Cruz / Cyro Monteiro. Isn't this right? Let us know.