Záquia Jorge, Vedete do Subúrbio, Estrela de Madureira

Angela Maria


Valério em bala
Gritava o menino assim
Da central à madureira é legal até o fim

Império deu o toque de alvorada
Seu samba a estrela despertou
A cidade está toda enfeitada
Pra ver a vedete que voltou
Com seu viver de alegria
Fez tanta gente sonhar

Outra vez se agrupando
Pra todo seu suburbano
Ver sua estrela brilhar

Viagem, revista, aquarela
O passado é presente
E neste teatro passarela
Ela resplandece novamente

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct