Desse chão que você pisa
Foi o nosso berço a muito tempo atrás
As sementes brotam da ambição
Provocando a destruição do que é natural

Cadê o verde que estava ali?
Um habitat perfeito pra respirar
Colher e cultivar, é fácil destruir
Consumir matéria imunda
Talvez você tenha uma pergunta
Só uma pergunta

Plante, antes que seja tarde demais
Não deixe a poluição atual destruir
O teu jardim

E o relevo que ainda existe
Distorce a solução pra tudo
E com as mãos ele rabiscou
Com força, a vida, a nossa vida

E da escuridão surgiu à luz
Das águas se fez o céu
E o abismo que existia ganhou vida
E o criador com um véu de cores limpas, descansou no sétimo dia

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct