Quero pensar mais que um par de coisas com você
Mesmo quando parte delas são impossíveis
Olhar essa carne como veio
Sem medo de andar ao lado de pessoas como eu

Igual à natureza
Nem sempre perfeita
Igual à natureza
Cheia de perigo
Igual à natureza
Parece que tem deus no corpo

Imagem plástica de tanto tocar
Eu sei que a perfeição
Às vezes respira
Seu raio X
Me vê por dentro
Com seu poder sobre-humano

Igual à natureza
Nem sempre perfeita
Igual à natureza
Cheia de perigo
Igual à natureza
Parece que tem deus no corpo

"O sol, lareira acesa de ternura e vida,
Sobre a terra feliz despeja o amor ardente,
E estando a repousar sobre o vale sentimos
Que núbil é a terra, a transbordar de sangue;
Que seu imenso seio, alçado por um`alma,
É de amor como deus, de carne como a fêmea,
E, túmido de seiva e de raios, encerra
O grande formigar de todos os embriões!
E tudo cresce, e tudo ascende!
Ó Vênus, ó deusa!"

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Dado Villa-Lobos / Gustavo Dreher / Humberto Effe / Ivo Barroso · This isn't the songwriter? Let us know.
Sent by Rafael
Did you see an error in the lyrics? Send us your correction.