Vivendo nessa terra da gente viver e sofrer
E pode ser a realidade da vida
Eu não sou peixe
Mas vivo aqui
Porque o peixe vive no mar
E a mulher vive na água
Por isso que eu digo
Que eu sou peixe e ela é sereia
Adeus, minha sereia
Eu vou passar por você
E dizer bem assim
Eu quero você só pra mim
Não posso perder o que eu já lhe dei
Eu digo para você
Eu quero o seu uvidê
Por isso que eu digo que sou peixe
E eu vivo no mar
Eu vivo no rio
Também na lagoa
Eu sou peixe
Mas vivo no mar
E vivo no brejo
E vivo na lagoa
Por isso que eu tô te dizendo
Que você é sereia
Por isso que eu tô te dizendo
Que você é sereia
Amor, volte pra mim
Não me deixe assim
Eu sempre pensei em você
Desde que eu te vi
É por isso que eu tô lhe cantando
Essa melodia
Pra você sair
Sai do meu pé
Sai da minha cabeça
Saia do meu coração
Que eu não quero mais te ver
Eu sou peixe
Mas eu estou aqui na terra
Porque eu não gosto do mar
Isso que eu tô te referindo
Que a mulher inteligente
Não existe no mundo
Elas são todas, elas são todas revoltadas
Elas são igual aos negros e os índios
Elas querem se comparar
Aos homens inteligentes do Universo
Como existe na União Soviética
Sangue puro
Qualidade
Sabedoria
Esses homens que têm o pleno
E dominam o mundo
Têm só o sangue puro
É produzida de gente de intelecto inteligente
É produzida de gente inteligente
Por isso que eu digo
Que a mulher não pode ser superior ao homem
Elas são igual os negros
Elas são igual os índios
Elas só pensam em se libertar
Mas não pensam em trabalhar
Se ela quer ser superior
Ao homem inteligente
Ela tem que fazer coisa incrível
Diferente de tudo o que já existe nesse planeta Terra
Se ela não cria coisa diferente do que já foi criada
Elas não são inteligentes
Elas têm que ser vaca parideira
Elas têm que ser vaca parideira
Elas têm que ser vaca parideira
Elas têm que ser vaca parideira

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct