Lá fora a rua vazia, vadia, corre pra lá
Mais um refém do silêncio da vida desse lugar
Pode ser uma da tarde, ser madrugada ou manhã
A nossa imensa cidade ainda é guardiã
Dos sonhos que se foram
Inertes em repouso

Lá fora a rua vadia, vazia, corre sem dor
Canções brilhando no céu de cidades do interior
E o mundo quase calado dentro do meu coração
Como o inferno na porta da igreja na contramão
Quem beija mãos feridas
Escarra em outras vidas

Eu não sou daqui
Eu não sou capaz
De viver feliz com o que você me traz
Eu não sou daqui
Eu quero entender
Por que toda alegria acaba sempre em você?

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct