Deixa a febre de criança passar
Fica cada dia mais devagar
Apressado perde sempre a vez.

Deixa o dia da semana passar,
Que domingo tem o Tamanduá
Cachoeira me deu bad outra vez.

Passa em casa se você for pra lá
Sem estresse, sem hora pra chegar

Não quero ser mais, não quero ser zen
Não quero viver os sonhos de ninguém
Eu não quero o começo e nem o fim
Espero ter paz e ir mais além
Pra encontrar o que me faça bem
Eu não quero ser nada além de mim.

Hoje a galera vai se encontrar
Eu tô levando a viola pra lá
E depois a gente pode beber
Vê se esquece esse seu celular
Desencana, ninguém vai te ligar
Eu não quero foto, eu quero viver.

Fala um som que você quer escutar
Que eu toco se a galera cantar

Não quero ser mais, não quero ser zen
Não quero viver os sonhos de ninguém
Eu não quero o começo e nem o fim
Espero ter paz e ir mais além
Pra encontrar o que me faça bem
Eu não quero ser nada além de mim.

E quando a noite chegar, pensar em nada
Quero seguir aprendendo nessa estrada
Não quero ser mais, não quero ser zen
Não quero viver os sonhos de ninguém
Eu não quero o começo e nem o fim
Espero ter paz e ir mais além
Pra encontrar o que me faça bem
Eu não quero ser nada além de mim

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct