O nome da outra
Acende e aguça
Os meus sentidos

O nome da outra
Sempre faz um bem
Aos meus ouvidos

Eu ouço falar
Já caio da pose
Fico tremulante

Pois me agrada demais
Ele sempre me traz
Sonhos interessantes

O nome da outra
A gente não diz
Nem pro melhor amigo

Eu gosto de escutar
Eu gosto de falar
Porém, ouço e não digo

E quando alguém
Em qualquer lugar
Por acaso, pronuncia

Eu fico pensando
Sofrendo e suando
Pois ela é tão macia

Mas eu não digo
Não conto a ninguém
Nem sei como consigo

Segredo grande e imenso
Que eu amo, gosto e penso
Mas tranco aqui comigo

O nome da outra
Me faz suspirar
E me embriaga

O nome da outra
Só escrevo na areia
Porque o mar apaga

Quem é que me muda
Se a gente não pede
Pra gostar de alguém

A vida é assim
O amor não avisa
E de repente, vem

Um amor tão calado
Um livro sem nome
Mas tem de tudo um pouco

E eu gosto de reler
E eu leio sem querer
Folheio como um louco

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Darci Rossi / J. Oliveira / Marciano. Isn't this right? Let us know.