Já foi o tempo
De passar a minha vida
Aceitando tudo

Já foi o tempo
De ouvir suas histórias
Cabisbaixo e mudo

Já foi o tempo
Que até pra me vestir
Fazia seu gosto

Que eu me contentava
Só de olhar o seu rosto

Já foi o tempo
Que eu me enganava
Achando tudo tão bonito

Você dizia qualquer coisa
E me ganhava
Pelo meu medo de dizer
Não acredito

Vamos conversar sinceramente
Sofrer não é o mesmo que amar
Você vive a dizer que quem te ama
Tem que aceitar seu jeito, sem falar

O meu amor merece mais que isso
Não sei se agindo assim, você faz jus
Sonhei te adorar, qual minha deusa
Jamais te carregar, qual minha cruz

Já foi o tempo
De esconder a minha mágoa
E de olhar, sorrindo

Já foi o tempo
De fazer do seu regresso
Um momento lindo

Já foi o tempo
Em que valia mais pra mim
Só o seu desejo

Que eu me encontrava
Só depois do seu beijo

Eu te amo ainda
Só que preciso um pouco mais
Que esse pouquinho

Não necessito
Que me dê o paraíso
Só aprendi que não se é
Feliz sozinho

Vamos conversar sinceramente
Sofrer não é o mesmo que amar
Você vive a dizer que quem te ama
Tem que aceitar seu jeito, sem falar

O meu amor merece mais que isso
Não sei se agindo assim, você faz jus
Sonhei te adorar, qual minha deusa
Jamais te carregar, qual minha cruz

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct