Photo of the artist Dealema

Alvorada da Alma (feat. Dino D´Santiago)

Dealema


Acorda cheguei
Liberta a mente e vai
Um novo dia vai nascer

Aqui estou eu, um homem diferente, renascido
O momento é perfeito, a hora é agora estou vivo
Justifico a minha presença neste lugar, estou a pensar
Como Deus quando inventou o luar
Hoje quero voar para bem longe daqui
Um praia com palmeiras vou estar longe daqui
O rei com asas, queimei as asas a tentar chegar ao sol
Caminhei nas brasas

Enquanto perdia tempo perdi o momento
Agora é um novo dia, é o renascimento
Porque eu vou tentar e tentar novamente
Espero que este sentimento dure para sempre
Uma nova oportunidade, uma nova chance
Vou agarrar tudo aquilo que está ao meu alcance
Chega uma altura, tens que assumir o comando
Se não fores tu quem? Se não for agora quando?

Alma recarregada, das trevas alvorada!
Tristeza abandonada numa vida abençoada
Um pé com fé na estrada, escrita não cadastrada
Nas pedras da calçada mais uma história é contada!
Partida sem chegada prevista, ou hora marcada
Mente desacorrentada desde o ventre desabrochada
Não eu não tenho tudo, mas comecei do nada
Não sou o rei da rua mas tenho uma rainha em casa
Meu lar o meu reinado, invicto não conquistado
Convicto coração escancarado a todo o espírito que não esteja fechado
Por guerreiros educado ensinado, por guerreiros criado o meu fado
Tanto amado como odiado, louco respeitado um pouco por todo o lado
Sou fruto daquilo que plantei num terreno que nunca abandonei
Do veneno sempre abdiquei, ciente do que escrevo eu escreverei
Cantarei até que a voz me doa Fernando serei sempre a mesma pessoa
Firmando que o meu ideal não destoa enquanto a minha imaginação voa

Acorda cheguei, vou recomeçar
Liberta a mente e vai, garante o teu lugar
Um novo dia vai nascer, então para quê esperar?
Constrói as tuas asas vais poder voar!

Já não uso mochila carrego às costas a vida
Dealema vive, sentimento vivo desde o inicio
No teu íntimo ou numa cidade perto de ti
Crescemos contigo, procura, num saímos daqui
Estás convidado para o nascer do sol, nascer da alma
Congela a vida no momento em que o sorriso te acalma
Perceptíveis aos mais sensíveis fazemos parte
Incansáveis plateias incríveis, tu fazes parte
Dlm - d de damos tudo, tudo por ti
O l leva o m de música renascemos em ti
Renovamos gerações agora o vosso filho é nosso filho
Reacendemos corações, o nosso trilho é o vosso trilho
Recuamos a 96 o sentimento ainda é o mesmo
Aquele frio na espinha, aquele orgulho na rima
O teu peito bate forte, bate forte, forte com a batida

A escuridão passou, a tribulação cessou
Fogo incendiou o coração deste novo homem que sou
Procuro um futuro puro, o meu lugar ao sol
Tantos anos de enduro a seguir a luz do farol
Cheguei por fim à costa, pronto a ganhar à aposta
Formulei uma pergunta, o universo de resposta
Bem no topo da montanha, ouço a voz que clama:
Renasce, sente, vence, voa, livre, acende a chama
Ergueu-se a fênix em mim, deu-se a metamorfose
Sei quem sou, não consigo ser outro por mais que force
Fortalecido o espírito ávido de infinito,
Nunca mais cinzento, mas duro como granito
Inspiro a verdade, transpiro o poder da vontade
Na idade de materializar o sonho em realidade
Enquanto o astro ilumina, escuto a voz que guia:
Brilha, cresce, vive, luta, ama, age, cria

Acorda cheguei, vou recomeçar
Liberta a mente e vai, garante o teu lugar
Um novo dia vai nascer, então para quê esperar?
Constrói as tuas asas vais poder voar!

Acorda cheguei, vou recomeçar
Liberta a mente e vai, garante o teu lugar
Um novo dia vai nascer, então para quê esperar?
Constrói as tuas asas vais poder voar!

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Dino D'Santiago / Expeão / Fuse / Maze / Mundo Segundo. Isn't this right? Let us know.