Antes de mais nada, eu vou te dar uma pista
Antes de perguntar, antes que tu insista
Tem show do B Negão o meu nome tá na lista
Se pá descolamos outro ingresso com o cambista

Hoje a noite é de funk e Afrobeat, Balkan
No som mecânico, Nação e Bataclan
Bestie Boys, Stereo Maracanã
Oswaldo Aranha ou Augusta até de manhã

Mas apesar de tudo, eu tenho um escudo
Caminhos sempre abertos pelo submundo
Se a polícia bater, eu viro surdo e mudo
A vida é rasa, mas o mergulho é profundo

O suor do funk
Sente suar o funk
Esse é o suor do funk
Abre a fronteira, pai

O suor do funk
Sente suar o funk
Esse é o suor do funk
Abre a porteira, pai

Viu, o lalalá, o lelelê, um amor que partiu
Viu, o Panamá é um canal e eu vou de navio

Mas agora em diante, se adiante agora
Você tem que lutar pelo direito de festejar
A qualquer hora, em uma hora qualquer
Você tem o dever de viver em qualquer lugar

Por isso eu vou falar, se não quiser me escutar
Então eu vou gritar
Se a polícia bater, pra cima todo mundo
A vida é rasa, meu bem, mas o mergulho é profundo

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct