Alguém lhe acordou
Mas não tinha ninguém
A voz falava pra alma
Lhe pedia calma
E dizia que falava do além

Fundar religião
Era sua missão
Recebia poder
Começou a atender
Parecia sempre ter a solução

A fama do seu bruxedo
Provocava medo
Pavor, calafrio
A voz na sua cabeça
Faz com que apareça
Seu lado sombrio

Emissário do mal
Servente do cão
Sua conversa convencia
Que a seita levaria
Todo mundo que seguia à salvação

Facada
Evisceração
O sangue jorrava
E ele não parava
Esquartejava e botava no fogão

A fama do seu bruxedo
Provocava medo
Pavor, calafrio
Dizia servir ao capeta
Mas só queria carne
Pra fazer salgadinho

A voz na sua cabeça
Faz com que apareça
Seu lado sombrio
A voz na sua cabeça
Faz com que apareça
Seu lado sombrio

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct