No início, o mundo era um berço
E a benção, sua aparição
Depois, na cama, veio o medo
Que havia da escuridão

Com tempo, o primeiro quarto
Trancado pra me proteger
Do mundo que ia crescendo
Mais rápido do que se crê

Então, deixar de ser criança
Me lembro tão bem de você
No dia da minha mudança
Pra casa que eu podia ter

E hoje em dia quem me vê
Acha até difícil acreditar
Mas mãe, você foi o meu primeiro lar