Vou pontuar
Nosso destino como um louco
Não deverá
Ser perfeito
E nem tão pouco
Me acorrentar
Me impedindo de fugir
Ainda que solto
Não conseguir sair

Solidão
Que visita e às vezes mora
Silenciar
Que perturba e ecoa
Ao vício que dá
Me pedindo pra contar
As horas pra ver
O sorriso retornar

Tão semelhante
Que se faz um só
O inevitável desejo vai fortalecer
Tão semelhante
Que se faz um só
O inevitável desejo vai fortalecer

Um sentimento
Não aceita morrer
E a razão ainda frágil
Não vai padecer
Um sentimento
Não aceita morrer
E a razão ainda frágil
Não vai padecer

Em um conflito
Que parece ser infinito
Dois corpos se atraem
E de tão fracos se esquecem
E o desespero
E a vontade de UM GRITO
Não calam o amor
Que permanece
E O conflito
Que parece ser infinito
Dois corpos se atraem
E de tão fracos se esquecem
E o desespero
E a vontade de um grito
Não calam o amor
Que permanece

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Daniel Albuquerque / Diego Vivas. Isn't this right? Let us know.
Sent by Daniele. Subtitled by Jaque. Revised by 2 people . Did you see an error? Send us your revision.