A fala que a falta me traz ecoa de dentro
Do tempo que ficou pra trás
Até o ponto final do meu centro

A fala que a falta me traz ecoa de dentro
Do tempo que ficou pra trás
Até o ponto final do meu centro

Eu me entrelaço nos teus passos
Me atiro sem destreza
E na garganta finca um nó
O sujeito quando finge que está doendo
Faz tudo ficar louco

Essa escolha vira coisa que dá dó
(Vira coisa que da dó)

Aí, tem aquela história dum cara
Que vai falando muito
E acaba dizendo o que? Nada!
E na tentativa de dizer algo contundente
A chance de dizer merda é o que?
É grande!
Imensa!
E aí tem aquele assunto
Que a gente tava falando
É aquela gagueira, os cara fazendo
A gente tava falando um tempo atrás, lembrei
Vai dar bobeira né?
Esquisito

Gaguejou, sussurrou, lamentou e não disse
Quem disse que fim de romance não seria triste?
Quem disse que fim de romance não seria triste?
Quem disse que fim de romance não seria triste?

Gaguejou, sussurrou, lamentou e não disse
Quem disse que fim de romance não seria triste?
Quem disse que fim de romance não seria triste?
Quem disse que fim de romance não seria triste?

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct