Parangaba João Pessoa

Lorena Nunes


Um forrozin de um também cabra da peste
Que hoje em dia é residente na avenida João Pessoa
Forró assim que não importa onde se esteja
Tu pode tá na mesa ou voltando do lagoa

Um forrozin que livre de qualquer conceito
Pós-conceito, preconceito
Faz tu dançar direito, macho!
Soltar teu corpo pra saber se o coco é oco
E se o seu corpo tiver solto é que o forró é de respeito

Januário!
Respeita januário
Respeita januário, otário
Respeita januário

Um forrozin de um também cabra da peste
Que hoje em dia é residente na avenida joão pessoa
Forró assim que não importa onde se esteja
Tu pode tá na mesa ou voltando do lagoa

Um forrozin que livre de qualquer conceito
Pós-conceito, preconceito
Faz tu dançar direito, macho!
Soltar teu corpo pra saber se o coco é oco
E se o seu corpo tiver solto é que o forró é de respeito

Então toque um forró
Rock pra gente dançar
Com agogô de maracatudo
Molhadinho, banhadinho no rio ceará

Então toque um forró
Eletro, funk, brega, punk
Samba, dub, goa
Porque forró do bom é o que toca no busão do parangaba joão pessoa
Soa, soa, soa
Parangaba joão pessoa
Soa, soa, soa

Um forrozin que livre de qualquer conceito
Pós-conceito, preconceito
Faz tu dançar direito, macho!
Soltar teu corpo pra saber se o coco é oco
E se o seu corpo tiver solto é que o forró é de respeito

Então toque um forró
Rock pra gente dançar
Com agogô de maracatudo
Molhadinho, banhadinho no rio ceará

Então toque um forró
Eletro, funk, brega, punk
Samba, dub, goa
Porque forró do bom é o que toca no busão do parangaba joão pessoa
Soa, soa, soa
Parangaba joão pessoa
Soa, soa, soa

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct