Sua vida nunca foi fácil
Família conturbada
A mãe era viciada e o pai a maltratava
Com 5 de idade viu a mãe levar um tiro

Tava devendo muito
Devia mais de um quilo
Seu pai te levou pra outro lugar
Viciado em jogo
Não parava de jogar
Apanhava todo dia

Seu choro era intenso
Seu pai ia morrer
Era só questão de tempo
Ele era um assaltante
Muito procurado

A polícia na procura
E ele fugiu de carro
Mas nada é pra sempre
Caguetaram ele
Tentou até correr
Mas levou tiro pra [?]
2 tiros na barriga e 5 nas costas
Achou que era [?]

Mas o mundo deu voltas
Ninguém te contou
O que aconteceu
Foi morar com sua vó
Quando seu pai faleceu
Perguntava pra sua vó

Onde tava o seu pai
Ela ficava calada
E não falava mais
Sem pai e sem mãe
Sua vida era triste

Chegou até pensar em cometer um crime
No dia das mães não tinha ninguém
Só tinha sua vó, o seu pai hoje nem vem
Um espaço na sua vida
Tinha se rompido só Deus e você

Sabe o que tinha sofrido
Começou a fazer
Amizade na escola
As piveta no intervalo
Te oferecendo droga
Um mina te falou
Experimenta aí

E daí se vício começou a ingerir
Chegava tarde em casa
Com cheiro de maconha
Sua vó te perguntava
Não é da sua conta
Depois da maconha passou pra cocaína

Começou a traficar
Virou chefa da farinha
Dentro da sua mochila
Tinha vários pinos
Pegava o dinheiro
E saía sorrindo

Todo mês aparecia com roupa de marca
Joia da melhor vestido de marca cara
Com 20 de idade já tinha casa própria
Um carro na garagem
Uma moto rosa

O povo pensava que era mega sena
Mas na verdade
Droga era sua renda
Se achava a boazona
A melhor a imbatível
O final dessa história

Já tenho para isso
1 ano se passou nasceu o primeiro filho
Sua felicidade no momento era explícito
Péssima notícia te caguetaram
Ligação anônima ninguém ta do seu lado

Ligou pra suas capanga
Carregou o arsenal
Pistola e revólver
E tu corre pro quintal
A polícia chega nem pergunta pra que veio
Começa a troca de tiros

E virou um tiroteio
Morre uma capanga sua
Com um tiro na cabeça
A polícia ta pesada
Não veio pra brincadeira

Depois de meia hora conseguiu fugir
Tava com colete
Tiro não pegou em ti
Fugiu com sua vó seu marido
E sua filha ficou mais conhecida
A rainha da farinha
Recompensa era alta
Pra quem te encontrasse já tinha uma mansão

Com 25 de idade tinha roupa da Prada
Armani e Versate
Abastecia as esquina de toda a cidade
Propina pra polícia pagava porcentagem
Tinha a tabela com toda a vendagem
Fuzil ar 15 era tudo importado

Sempre andava armada
E de carro blindado
Mas pró seu azar
Tava vindo a civil
Sua comparsa te falou a casa caiu
Começou a acelerar
No meio da avenida
140 fugindo da polícia

A perseguição tava ao vivo no Datena sua vó
Tava assistindo toda aquela cena seu marido apareceu
Sua vó contou pra ele
Ele teve um ataque
Quando viu você na tela
Desviou de um carro
Desviou de outro

A polícia atirando o tiro pega por pouco
Um pneu furou agora complicou
Daí passou a marcha e acelerou
Não tinha o que fazer
O bicho pegou
Foi olha pra trás e o carro virou
Gasolina vazando
E tu atirando um tiro no braço
Seu braço tava sangrando

Infelizmente pra você
Não tinha outra chance
20 tiro da polícia e explodiu o tanque
Você com suas capanga
Morreram carbonizadas
Sua morte foi filmada
Acabou o seu legado

Ao vivo na TV
Seu marido marido te viu morrer
Naquele momento
Ele chorava por você
Iaê o que vai ser da sua filha?
Sua história acabou
Antes dos 30

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct