vistas 249

Mulher Sentimental

Marco Paulo


Mulher Sentimental


Tão só como sempre
Num café entrei
Foi quase um milagre
Porque te encontrei

Teu olhar distante
No meu foi parar
Fiquei teu amante
No primeiro olhar
Fiquei teu amante
No primeiro olhar

O meu amor (quem é, quem é?)
O meu segredo (quem é, quem é?)
Minha aventura (quem é, quem é?)
Minha loucura (quem é, quem é?)
Já todos sabem (Só tu não vês)
Olha que a vida tem mais marés

Nenhuma esperança, nenhum sinal
E continuas tão sentimental
Passas tristonha, sem ver ninguém
Como quem sonha à espera de alguém

Flor de mistério que a noite é cor (?)
Mulher poema vestindo amor
Virá um dia qualquer
Tu serás a minha mulher

Sempre só e triste
Que mundo é o teu
Que passado existe
O que aconteceu
Na horas paradas
Que tens sem viver
Há mil madrugadas
Sem amanhecer
Há mil madrugadas
Sem amanhecer

O meu amor (quem é, quem é?)
O meu segredo (quem é, quem é?)
Minha aventura (quem é, quem é?)
Minha loucura (quem é, quem é?)
Já todos sabem (Só tu não vês)
Olha que a vida tem mais marés

Nenhuma esperança, nenhum sinal
E continuas tão sentimental
Passas tristonha, sem ver ninguém
Como quem sonha à espera de alguém

Flor de mistério que a noite é cor (?)
Mulher poema vestindo amor
Virá um dia qualquer
Tu serás a minha mulher