Quero saber quem sabe
Sobre o futuro
Quero saber o que a vida tem pra mim
Foda é você ser tachado de vagabundo
Por cometer o erro deles
E acerto pra mim
Não botei a mão em nenhum sofredor
Nem vendi o sonho
De nenhum sonhador
Não roubei favelas, nem pais de família
Mas pros governantes a culpa continua minha

Então eu vou, que vou
Soltar minha voz
Quer ver terror, calmo
Que vem logo após
A brisa passou e amansou
Um bicho feroz
Sistema opressor, falhou
Não oprime a nós

Sistema opressor, falhou
Não oprime a nós
E nunca vai oprimir
Que cada funk consciente
É uma chave que abre a mente
Que as vezes foi mal instruída
Eu sei que o pobre inteligente
Pro governo é aguardente
Na parte aberta da ferida

Que cada funk consciente
É uma chave que abre a mente
Que as vezes foi mal instruída
Eu sei que o pobre inteligente
Pro governo é aguardente
Na parte aberta da ferida

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct