O sangue que sai do ventre materno
É o mesmo que espirra através de uma facada
É o mesmo que vem de uma trasnfusão
É o mesmo que corre do nariz depois de uma porrada

O sangue que irrifa o cérebro
É o mesmo que se une ao catarro
É o mesmo que oxigena a pele
É o mesmo que surge com a vida
E apodrece com a vida da morte

Então foda-se sua cor, seu credo, seu estilo, sua raça
O que importa é seu sangue!

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct