Segredo de túmulo
De portas abertas
Das venenosas verdades, amargas;
Das maiores mentiras, sinceras

Das mais nobres putas, vomitadas!
Das mais nuas belas,cagadas!

Colorindo sobre essa herança, insossa;
Delirando com o divino doce, em festa!
Aprendendo com a célebre cuspida, tacada!
Gargalhando sobre essa lápide, séria.


Das mais nobres putas, vomitadas!
Das mais nuas belas, cagadas!

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct