Conto dias, perco meses
Como uma lápide em mim recordo às vezes
Dançando sei lá o quê na rua

Me confundem com o que sou
Assuma: você não me esquece, você me merece
E justo logo quem
Passo dias e me perco às vezes
Pois também sinto calor, frio, vento, fome e sede

E se eu morrer de novo, oh lua!
Diga a ela ao menos: assuma!
Você não me esquece, você me merece
E justo logo quem

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct