Photo of the artist Tara Code

Spinner Com Tônica

Tara Code


Que vontade repentina de beber muito, muito
Encher a cara, cabelo, pescoço, costas
Pra dizer umas verdades que pensei em lhe dizer
Mas elas são pra mim, vou me entender?
Vou saber se somos feitos um pro outro se ainda não vivi?
Era mesmo o que pensava
Dor na nuca, dor no peito, meio-amargo
Que não chegam a matar, só enjoam
E o que eu tenho a fazer, senão esperar
De olhos fechados
Spinner com tônica
E o dia amanhecendo sem você

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct