Meu anonimato é ousado
E só preciso de venda nos olhos
Pras travessias
Das pontes estreitas
Pensando naquele anjo
Nas noites suaves
Nas noites selvagens
De bruxaria

Você criando asas
E eu vivendo em muda
Você azul escuro
E eu de roxo é claro
O seu urano
O meu mercúrio
Você cabelos negros
E eu tinta bordeaux
Você engano
E eu, desatino

Vou caminhando na planície
Onde o tempo se deformou
Sobrou apenas um retalho
De cada coisa como eu
Azul e roxo

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct