É, até parece que o bom ficou pra trás,
E me parece que é só sua decisão,
Conta comigo e esquece de você,
Pois o conselho de sua mãe foi todo em vão.

Andei relendo os bilhetes que me deu,
Tudo é tão forte e tão fraco em cada verso,
Tenho vontade de olhar parar o que vem,
Mas tenho medo de deixar você pra trás.

Quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá,
- Eu gosto de nadar,
Có, có, có, có, có, có, có,
- Você de andar.
Se agente passear,
Nada anda e o que anda é pra trás.

Há, quase oito horas, eu não tenho muito tempo,
Você me joga as contas e o aluguel,
Faço de tudo pra cumprir minhas tarefas,
Eu tenho emprego, eu não sou dono do céu.

Andei relendo os bilhetes que me deu,
Tudo é tão forte e tão fraco em cada verso,
Tenho vontade de olhar parar o que vem,
Mas tenho medo de deixar você pra trás.

Quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá,
- eu gosto de nadar,
Có, có, có, có, có, có, có,
- você de andar.
Se agente passear,
Nada anda e o que anda é pra trás.

-Você precisa ficar hoje,
-Eu sei que pode ser melhor,
-Você precisa se conter,
Ou eu aprendo a tolerar.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct