Pra quem sempre bebe muito
Mais devagar com esse andor
Sobretudo quando o assunto
Geralmente, envolve amor
É melhor que tu não brinques
Porque o amor é enganador
Vale mais viver nos trinques
Beber os seus drinks
Ser mais moderador

Mas tu queres outra dose
Porque não sabes parar
Tens aumento de glicose
Risco de cirrose
Tu podes pifar
E a mulher que está contigo
A moçada quer levar
É aí, meu caro amigo
Que mora o perigo
Da testa se enfeitar

Beiço rosa, pé inchado
E vermelho é o seu olhar
De cachaça, rum, traçado
Genebra, quinado e conhaque do bar
Que mulher nenhuma aguenta
Esse embalo segurar
Qualquer dia o tempo esquenta
Um dia, a rua atenta
Ela vai te abandonar

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Paulo César Pinheiro / Wilson Das Neves. Isn't this right? Let us know.