Andam la sem descansar
Nas montanhas a lutar
Iluminam todo o mar
Em Timor

Nas montanhas sem dormir
Uma luz a resistir
Arde sem se apagar
Em Timor

Andorinha de asa negra
Se o teu voo, lá passar
Faz chegar, um grande abraço
Dá saudades
A Timor

Eles não podem escrever
Porque vão a combater
Vão de manhã defender
Em Timor

Há crianças a choram
Não as posso consolar
Que eu nunca cheguei a ver
Em Timor

Andorinha de asa negra
Vem ouvir, o meu cantar
Ai! Que dor, traz no meu peito
Sem noticias
De Timor

Nunca mais hei-de voltar
Já não posso lá voltar
A idade há-de lembrar
Em Timor

Distam sem descansar
Nas montanhas a lutar
Iluminam todo o mar
Em Timor

Andorinha de asa negra
Vem ouvir, o meu cantar
Ai! Que dor, traz no meu peito
Sem noticias
De Timor

Andorinha de asa negra
Se o teu voo, lá passar
Faz chegar, um grande abraço
Dá saudades
A Timor

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct