Sozinho na noite
Um barco ruma, para onde vai
Uma luz no escuro
Brilha a direito, ofusca as demais

E mais que uma onda, mais que uma maré
Tentaram prendê-lo impor-lhe uma fé
Mas, vogando à vontade, rompendo a saudade
Vai quem já nada teme, vai o homem do leme

E uma vontade de rir, nasce do fundo do ser
E uma vontade de ir, correr o mundo e partir
A vida é sempre a perder

No fundo do mar
Jazem os outros, os que lá ficaram
Em dias cinzentos
Descanso eterno lá encontraram

E mais que uma onda, mais que uma maré
Tentaram prendê-lo, impor-lhe uma fé
Mas, vogando a vontade, rompendo a saudade
Vai quem já nada teme, vai o homem do leme

E uma vontade de rir, nasce do fundo do ser
E uma vontade de ir, correr o mundo e partir
A vida é sempre a perder

No fundo horizonte
Sopra o murmúrio para onde vai
No fundo do tempo
Foge o futuro, é tarde demais

E uma vontade de rir nasce no fundo do ser
E uma vontade de ir, correr o mundo e partir
A vida é sempre a perder

E uma vontade de rir nasce no fundo do ser

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Ze Pedro. Isn't this right? Let us know.
Subtitled by titiz and more 2 people. Revised by 9 people . Did you see an error? Send us your revision.