Já fumei tantos cigarros
Já não me lembro quanto foram os maços
Em mais um abraço eu me entrego
Mesmo sabendo que isso tudo é raso

Cotidiano já me enjoa
Mas não há outra saída
Talvez já haja outra pessoa
Pra começar outra rotina

Com corote e Mantiqueira
Vou levando a noite toda
Embriagando no triângulo
Como a qualquer jovem à toa

Vejo pessoas que não quero
Faço coisas que eu não gosto
Mas ficar num simples tédio
Pode ser o melhor negócio

Mas vai saber porque fazemos isso
Será que estamos vivendo a vida
Ou só preenchendo a nossa agenda
Cheia de relações vazias?
Será que é hipocrisia
Pensar ou falar da vida assim?
Sendo que nos finais de semana
Pedimos: Gerson, traz mais uma pra mim!

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct